Princípios Básicos de PNL: Mudando seu Estado Mental

Não existe sucesso sem uma crença consistente. Fato. Com foco nisso, um dos papéis do Coach é proporcionar a seus clientes caminhos para a estruturação de uma mentalidade forte, confiante, capaz de levar-lhes ao uso de seu máximo potencial.

Algumas pessoas julgam esse aspecto de forma essencialmente subjetiva. Acreditam que se trata apenas de frases de efeito e motivação momentânea. O que poucos sabem, no entanto, é que existem caminhos objetivos e duradouros para se alcançar crenças consistentes. Um deles é a PNL.

Um Pouco sobre a PNL

A Programação Neurolinguística, ou PNL, basicamente é um conjunto de ferramentas utilizado no controle da forma como percebemos o mundo externo por meio de nossos sentidos. A proposta é controlar o funcionamento de nosso cérebro, ao invés de simplesmente sermos controlados pelas experiências e condições ambientais pelas quais passamos no dia a dia.

A Mudança do Estado Mental na Prática

Uma das técnicas disponíveis no portfólio da PNL associa-se à mudança do estado mental. A ideia central é manter o foco em situações passadas, ou mesmo imaginárias, que provoquem um elevado nível de “recursos” psicológicos no indivíduo.

O princípio no qual se baseia esse processo é o de que quando estamos em um estado psicológico consistente, que expresse bons sentimentos e, consequentemente, conforto, nos sentimos confiantes e temos liberdade para aplicar o que temos de melhor. Mesmo que você não esteja vivendo a situação prazerosa naquele momento, sua estrutura mental interpreta como se estivesse e lhe municia com tudo o que há de positivo no estado imaginado.

Alguns autores vão além e sugerem que seja feito um incremento de boas lembranças para que elas gerem um resultado ainda mais positivo sobre o indivíduo. Esquematicamente falando:

Mudança de Estado Mental

Tem Dúvidas Sobre a Técnica?

A reprogramação mental por meio de lembranças faz com que o cérebro produza respostas que gerem impulsos nervosos benéficos para o que quer que você deseje realizar. Já vi muitas pessoas descrentes quanto a isso, por julgarem uma forma muito metódica e sistemática de se alcançar o sucesso. Mas a verdade é que fazemos isso o tempo todo.

Quando nos enchemos de confiança utilizando exemplos de superação, quando colocamos uma música mais agitada enquanto malhamos ou corremos, quando nos lembramos de algo que fizemos bem no passado para termos segurança no futuro, estamos simplesmente utilizando a PNL, mas de forma inconsciente. Não é muito melhor poder controlar todo esse poder e utilizá-lo a qualquer momento?

Faça o Teste Você Mesmo

Para testar a efetividade dessa técnica para você, faça o seguinte exercício:

  1. Relembre uma experiência na qual você foi bem-sucedido pelo seu próprio esforço;
  2. Concentre-se nas sensações envolvidas. As atitudes, movimentos, escolhas, caminhos, até mesmo sua forma de respirar. Enxergue cada detalhe que você consiga se lembrar;
  3. Visualize você mesmo chegando até o ponto em que foi vitorioso e reviva o momento. Sinta toda a força, a vivacidade, a sensação de invencibilidade.
  4. Feito isso repare em seu estado atual. Muitas pessoas, nesse ponto, se pegam sorrindo sem perceber. Outras se sente bem menos tensas e mais confiantes.

Não importa o caminho utilizado para acessar seu portfólio mental. Se você mandar os estímulos corretos para seu cérebro, ele lhe dará acesso a toda a variedade de habilidades e ferramentas que, em outra condição, estariam indisponíveis.

O que achou? A PNL pode ou não ajudar? Deixe seu comentário!

Leave a Reply