A Arte de Perseverar: O Que Aprendemos com DiCaprio

25 anos de carreira. Vários filmes de sucesso no currículo. 6 indicações ao Oscar. Performances aclamadas tanto pela opinião pública quanto pela crítica. Não sei sua opinião sobre o ator, mas é realmente difícil questionar o talento de alguém com um currículo como esse.

No entanto, faltava a estatueta que tornaria ainda mais válido o trabalho realizado por Leonardo DiCaprio. No último dia 28 a recompensa chegou, presenteando ao ator e a todos aqueles que admiravam seu trabalho.

Agora eu lhe convido a refletir sobre o que essa jornada de 22 anos, desde a primeira indicação frustrada de 1994, tem a nos ensinar.

Persistentes x Perseverantes

leonardo-dicaprio-won-oscar-2016

Existem dois tipos de pessoas que não desistem: os persistentes e os perseverantes. Os persistentes são aqueles caras durões que se levantam com mais vontade depois de levar uma rasteira da vida e insistem em seus métodos, até que cheguem onde querem ou que não haja mais como se levantar.

Já os perseverantes, igualmente audazes, caem, entendem porque caíram e se levantam, mais espertos e capazes do que nunca. Podem até falhar mais vezes, mas cada queda os torna mais aptos à realização. Seus resultados melhoram a cada tentativa, até que seja impossível negar-lhes o sucesso.

Isso te lembra alguém? Aí vai a primeira dica: persevere, ao invés de apenas persistir.

As Várias Faces do Sucesso

Resultados extraordinários possuem uma anatomia própria. Várias competências são exigidas e muitas histórias diferentes aparecem entre aqueles que alcançaram o sucesso, mas um aspecto é constante: adaptação. E disso, Leonardo DiCaprio entende bem.

Não sei quantos atores seriam capazes de lidar com enredos tão distintos como os de A Origem, Os Infiltrados e A Ilha do Medo e conseguir bons resultados em todos. Ou ainda dar vida a J. Edgar, Howard Hughes e ao sórdido Calvin Candle, construindo atuações inesquecíveis em todos os casos.

Portanto não hesite: faça diferente, faça novo, saia de sua zona de conforto! Mostre todas as suas facetas e revele para seu público o quão versátil você pode ser.

Quem São Suas Companhias?

Ninguém alcança um sucesso estrondoso trabalhando sozinho, e com DiCaprio não foi diferente. Por mais que tivesse boas atuações, já imaginou a diferença que faz uma direção como a de Martin Scorcese ou Quentin Tarantino? Ou ainda atuar ao lado de Robert De Niro, Jack Nicholson e Johnny Depp?

Então aí vai a terceira dica: associe-se com pessoas que somem aos seus objetivos. Você não precisa deixar ninguém de lado, mas é essencial ter relações estreitas com pessoas habilidosas naquilo que deseja realizar e bem relacionadas nos meios onde deseja entrar.

A Derrota é Apenas Uma Etapa

Tudo o que foi dito expressa algumas poucas (mas essenciais) atitudes que ajudaram a moldar uma carreira de 25 anos de sucesso genuíno. Os altos e baixos do processo ajudam a reforçar a máxima de todos aqueles que chegaram ao esperado lugar ao sol: o fracasso é apenas um elemento de aprendizado.

Enfrente cada novo desafio com a mesma paixão do primeiro, mas carregando a experiência adquirida nos anteriores. Se reinvente a cada novo dia e nunca perca o objetivo de vista. Seja paciente e faça seu trabalho bem feito.

Seguindo esse caminho, pode até não ser na primeira ou na segunda tentativa, mas seu Oscar com certeza vai chegar!

E você, consegue extrair mais algum aprendizado? Compartilhe conosco! Deixe seu comentário!

2 Comments

  1. Alessandra De Matos E Silva 3 de abril de 2016
    • Bruno Augusto 3 de abril de 2016

Leave a Reply