Modelos Mentais e Processos Decisórios

the-right-mindsetVocê sabe o que é um modelo mental? Basicamente é o nosso padrão de representações internas. É a forma como percebemos o mundo, com base em fatores como: fisiologia, experiências de vida e cultura. Assim, ao longo do tempo acumulamos pressupostos que definem a forma como vivenciaremos nossas experiências futuras ou perceberemos o mundo.

Esses modelos mentais têm especial impacto na tomada de decisão. É como se tivéssemos gravados padrões de comportamento e princípios utilizados continuamente nos processos analíticos que desenvolvemos. Somos programados para responder às situações de um dado modo.

Isso é benéfico, pois em geral agiliza na escolha de um caminho. A questão é: e quando nossos modelos mentais já não se mostram tão eficazes quanto antes?

A Renovação Mental

Pergunta rápida: é prudente manter um comportamento inflexível em um cenário de mudança?

No contexto das escolhas que fazemos, os modelos mentais têm de estar alinhados com nossas necessidades e responsabilidades. Isso significa que as prioridades no momento de decidir podem mudar, dependendo da posição e das circunstâncias que vivenciamos.

Dessa forma, sem dinamismo, corremos o risco de permanecer aplicando modelos mentais obsoletos. É perigoso decidir o que fazer no futuro apenas com base no passado, afinal, como quase tudo na vida, algo maravilhoso hoje pode passar a ser antiquado amanhã.

Os Modelos Mentais na Prática

Imagine que você trabalhou por 5 anos como técnico de informática em uma grande empresa de infraestrutura. Seu volume de trabalho era gigantesco e você era responsável por quase tudo, mesmo por coisas fora de sua formação. Você fazia o serviço, emitia suas notas fiscais, prospectava novos negócios e dava conta do que aparecesse.

Com o tempo você passou a acreditar que você devia lidar com tudo, entender tudo no detalhe e não dividir suas responsabilidades com ninguém. Basicamente, por 5 anos, você foi moldado para se ver dessa forma e acreditar que essa era sua missão na organização.

No entanto, num belo dia, você recebeu uma promoção. Passou a ser Gerente de Projetos de Infraestrutura. Cuidava não mais da parte técnica de um projeto, mas respondia por todos. Me diga, suas cresças na responsabilidade de cuidar dos detalhes, ser responsável por cada pedaço das atividades e dar conta de tudo sozinho, continuam válidas? Só se você quiser enlouquecer.

Um novo modelo mental passou a ser necessário, o de delegar. Manter as crenças da época de técnico tornaria seu novo estado inviável. Novas decisões já não poderiam ser tomadas interpretando o mundo como antes.

Faça da Reinvenção, Um Estilo de Vida

creative-thinkingMudanças provocam desequilíbrio, seja positivo ou negativo. Nós tendemos a combater o desequilíbrio para retornar a uma posição estável. Sendo assim, adequar os modelos mentais representa uma contra resposta às mudanças que vivenciamos em qualquer campo de nossas vidas.

Identifique seus modelos mentais, entenda se eles são adequados a seu momento atual e reinvente-se sempre que necessário for. Não se prenda aos paradigmas e trabalhe constantemente a forma como vê o mundo. Renovar a sua interpretação dos fatos pode ser o divisor de águas entre sucesso e fracasso.

Tags:

Leave a Reply