Pequeno Tratado Sobre Péssimas Lideranças

O que significa ser um líder? Se você for fundo na questão, especialmente nos últimos anos, encontrará tantos requisitos que desistirá de se tornar um. Os especialistas no assunto vivem de garimpar “competências essenciais” e criar listas extensas que componham o “perfil ideal”.

O que ninguém diz é como não ser um líder. Entender as atitudes e posturas que desvirtuam a atividade de se responsabilizar por outros, é o primeiro passo no processo.

Por Que Precisamos de Líderes?

1412369006-5-unforgettable-leadership-qualities-successfulGrosso modo, o papel primordial de um líder é guiar sua equipe rumo a um objetivo em comum, enquanto balanceia os resultados que precisa alcançar com a satisfação daqueles que estão sob sua responsabilidade. Os dois aspectos são essenciais para garantir a sustentabilidade do negócio, qualquer que seja ele.

Sendo assim, para falarmos de maus líderes, convencionaremos que são indivíduos em 3 condições:

  1. Que não alcançam os objetivos do negócio
  2. Que não balanceiam as expectativas de seus subordinados
  3. Que não conseguem nem um, nem outro

Sem Resultados, Nada Feito

Um líder existe para dar resultados. Se as condições para tanto lhe são dadas e ainda assim ele não chega lá, trata-se de um indivíduo incompetente para a função. Não existe discussão quanto isso. O que pode ser necessário é um tempo de adaptação, de experiência, mas isso tem prazo. Ou o líder passa a dar resultados, ou pula fora.

Sendo assim, alguns exemplos do que jamais fazer nessa função são:

  1. Deixar que interesses individuais seus, ou dos membros da equipe, se sobreponham às necessidades do negócio;
  2. Criar relacionamentos com membros da equipe que impeçam o uso da autoridade, quando necessário;
  3. Perder o foco de atividades essenciais para concretização dos resultados do negócio, em prol de atividades de pouco valor;
  4. Criar níveis desnecessários de burocracia que tornem os processos lentos ou ineficazes;
  5. Deixar de definir com clareza o que precisa ser alcançado.

Pessoas, Pessoas e Pessoas

1b57ceaO segundo aspecto se refere aos liderados. Perseguir objetivos, tanto os atuais quanto os futuros, depende inteiramente das pessoas envolvidas. Gerir suas expectativas é uma obrigação do líder, que deve alinhar aquilo que cada uma busca individualmente, com o que precisa ser alcançado em grupo.

Sendo assim, seguem algumas atitudes clássicas de quem não sabe o que está fazendo em uma posição de liderança:

  1. Apresentar resultados de membros da equipe para instâncias superiores, como se fossem seus;
  2. Iludir membros da equipe quanto às suas reais possibilidades de crescimento;
  3. Favorecer alguns membros da equipe, frente a outros, sem critérios objetivos;
  4. Quaisquer atitudes motivadas pela insegurança de perder espaço para subordinados;
  5. Apontar falhas sem reconhecer acertos;
  6. Exigir metas fora da realidade;
  7. Não admitir falhas e nunca se desculpar.

Tudo isso gera desmotivação e tira o foco da equipe no trabalho a ser desenvolvido.

Quando Poder é Dado aos Idiotas

IMG_1506Acima listamos algumas atitudes que mostram quando há algo de errado com um líder. Não se trata de defeitos, de falhas pontuais. Maus líderes cometem erros sistêmicos, possuem distorções de avaliação e fazem de seu poder uma arma contra aqueles que lideram. Os resultados mais comuns são: carência de bons resultados e desmotivação da equipe.

Ser líder não é tarefa fácil. Se fosse, não seria uma posição de tanta distinção. Você quer ser bom? Aceite as duas missões: alcançar objetivos e respeitar sua equipe. As empresas já estão cheias de pessoas despreparadas, que desejam apenas mandar. Se você simplesmente se esforçar para não ser uma delas, já será meio caminho andado.

Leave a Reply