7 Princípios Simples para Alcançar a Alta Performance

Alta Performance é um assunto de extrema importância. Alcançar resultados consistentes é o elemento mais essencial para o mercado de trabalho, especialmente diante de um cenário de crise que já perdura mais de 3 anos.

No artigo de hoje vamos falar sobre 7 atitudes objetivas para ajudá-lo a manter seu desempenho nas alturas. Elas representam estratégias simples, mas realmente eficazes, para um dia a dia mais produtivo e relevante a longo prazo.

Princípio 1: Tenha Metas

Nossa primeira dica para alcançar a alta performance é definir metas. Seja a curto, médio ou longo prazo, é essencial que você tenha clareza sobre o que deseja alcançar com suas ações. Isso permite manter o foco, mesmo em momentos onde o desânimo ameaçar bater.

Dois dos nossos artigos falam de maneira mais aprofundada sobre o assunto. São Eles: Modelagem de Objetivos com Metodologia SMART e Planejamento com 5W2H. Acesse e aprenda ótimas formas de definir e alcançar suas metas!

Princípio 2: Planeje Seus Passos

Falta de planejamento é um problema crônico no Brasil. Investe-se pouco em preparação, o que provoca um ciclo vicioso, em que decisões são tomadas e ações executadas sem um direcionamento estruturado. Isso pode custar realmente caro no final.

Não cometa esse erro. Aprenda a planejar seus anos, meses, semanas e dias. Essa organização tomará tempo, mas lhe permitirá assumir condutas mais assertivas, antecipando ações, recursos, ameaças e oportunidades para seus planos.

Princípio 3: Meça o Desempenho

Alta performance está associada a resultados que, por sua vez, só são gerenciados quando são medidos. Isso significa estabelecer um fator objetivo, quase sempre numérico, que permita a você verificar ao longo do tempo se o que você deseja está mais ou menos próximo de ser alcançado. Através disso você pode realizar ajustes de forma a corrigir os desvios que ameaçarem seu planejamento.

Em resumo:

1. Defina “indicadores” para seu desempenho;

2. Acompanhe periodicamente;

3. Verifique se foi satisfatório;

4. Realize os ajustes;

5. Retorne ao passo 2.

Princípio 4: Aprenda com os Erros

Lições aprendidas são uma ferramenta realmente poderosa. Por meio delas você explora as experiências passadas como forma de alcançar um futuro favorável. Sendo assim, nossa quarta dica é identificar tudo aquilo que não funcionou bem e fazer o possível para não repetir.

Parece óbvio, mas pense, quantas vezes você ou pessoas próximas a você repetiram um mesmo erro ou erros semelhantes?

Princípio 5: Repita os Acertos

A dica das lições aprendidas também vale para os acertos. Trata-se de um caminho natural para a alta performance tornar atitudes positivas do passado em boas práticas para o futuro.

Mesmo que passe por uma situação que, no todo, represente um fracasso, faça a si mesmo a seguinte pergunta: o que funcionou e eu deveria repetir?

Princípio 6: Pense no Propósito

Por que você faz o que faz? Por que busca o que busca? Sem um propósito, todas as suas ações caem por terra. Em contra partida, com clareza de propósito seu desempenho, provavelmente, explodirá.

Registre seus motivos e tenha-os em mente sempre. Se possível leia-os no princípio de cada dia. Lembre-se que a motivação para suas ações parte da razão para você realizá-las.

Princípio 7: Lembre-se de Relaxar

Nosso último princípio se baseia em uma máxima: ninguém é de ferro. A alta performance depende também das suas condições físicas e psicológicas para mantê-la. Os momentos de descanso e relaxamento são essenciais no processo e evitam a sobrecarga, tão comum nos dias de hoje.

E aí, o que você vai fazer hoje em prol da sua performance?!

Leave a Reply